Missão Dada!

LilySlim Weight loss tickers

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Porque escrever?

Oi pessoa! Que bom que você chegou aqui no meu blog.
Bom, vamos começar do inicio!


Tudo começou com um simples e triste olhar no espelho e constatar que eu havia mudado: pra pior. Lembrei de quando as roupas de minha irmã (veste 42) ficam largas em mim, e foi ai que senti a primeira pontada da Bipolaridade. O primeiro sentimento foi de tristeza, de chorar, e como chorei... Eu não me conformava que uma pessoa que pesou a vida inteira 50kg pudesse estar pesando mais de 90 quilos em menos de 5 anos. Tudo começou em  2007 quando engravidei de meu segundo filho. Foram 39,950gr adquiridos durante a gestação que nunca mais me abandonaram, pelo contrario, resolveram montar acampamento e chamaram muitos outros gramas para fazer parte. Eu sei que eu chorava, tinha gente que dizia e diz para mim que é frescura, mas para mim não era. Era difícil admitir que eu havia me tornado uma pessoa obesa. 
Na minha última gravidez, o que eu fiz foi acumular mais peso ainda. E hoje, peso uns 98 quilos, tenho somente 1,60.
Passei 05 anos da minha vida me entupindo de rémedio: sibutramina, Femproporex entre tantas outras drogas pesadas para poder emagrecer. Fazia dietas ordinariamente malucas. Lembro que tomava o remédio e tinha diarréias violentas se ingerisse comida. Lembro que forcei várias vezes vomitar, mas eu era gorda até nisso, pois meu organismo não conseguia concluir o vomito. Sofri durante anos.
Consultei um endocrino uma vez, eu queria uma solução, e sabe, ele me recebeu com o receituário na mão, já prescrito a sibutramina. Era um inferno! 
Os remédios nunca me fizeram bem, me agitava, dava arritmias cardíacas, eu ficava sem ar, ansiosa, chorona... e nada de perder peso. Em 06 meses 10kg e nada mais.
Foi quando uma amiga me sugeriu procurar um cirurgião, vê se eu podia operar de redução de estomago. Enfim uma luz no fim do túnel. No dia 20 de julho, no dia do meu aniversário, tomei a decisão de mudar minha vida: EU VOU EMAGRECER DEFINITIVAMENTE. Era só nisso que eu pensava. Mas, problemas maiores me fizeram correr para os médicos.
Vou narrá-los:
1) RONCO: meu marido começou a implicar comigo, dizendo que eu parecia um monstro a noite, que eu até estava babando... eu chorei dias a fio... sem saber o que fazer.
2) SONOLÊNCIA: passava o dia dizendo a famosa frase: NOSSA QUE SONO! Ia pra faculdade e por mais que tentasse não conseguia me concentrar, lá vinha o maldito sono. Por causa dele passei várias vezes do ponto do ônibus....
3) DOR FORTE NO QUADRIL: sabe quando você vai arrastando seu bumbum pela cama pra poder chegar a beirada? Quando eu faço isso vejo minha avó peladona pela greta de tanta dor...
4) DORES GENERALIZADAS: dor na sola do pé na altura do calcanhar, joelhos que por diversas vezes fraquejavam, dor de coluna, ombro estourado... 
5) MORBILIDADE: não conseguia me levantar rápido de lugar algum, se sentava no chão era aquele inferno, se deitava no sofá outro inferno....
6) DOR DE CABEÇA: severas e sempre... com quadros de febre.


Foi por conta desses pequenos problemas que resolvi passar em uma clinica geral, e sabe o que ela me disse: EMAGREÇA JÁ!


E eu pergunto: - BONITA, me diz qual remédio que pode me fazer perder 40kg que eu compro agora!


Sou meio preguiçosa para tudo, mas eu tenho motivação, mas hoje não consigo nem fazer caminhadas rotineiras... Bem, foi ai que pensei na redução de estomago. Três primas fizeram, duas vizinhas, algumas amigas... porque não eu????


Primeira passo: procurei na internet tudo sobre a cirurgia, e encontrei no ORKUT comunidades relativamente muito boas que me apresentaram muitas pessoas, duvidas esclarecidas e todos os passos. E foi no dia 15 de Julho que peguei o telefone e marquei minha primeira consulta com um cirurgião... e ai, bem, agora meu amigos, vocês serão minhas testemunhas até o fim dessa história que eu quero contar tim-tim por tim-tim. 


Beijo, da gorda - por enquanto!




Pronto, já estou chorando! E acho que vou chorar muito... daqui pra frente, sei que vou sofrer muito, mas é por mim, porque me amo e quero me sentir mulher bonita novamente. Vestir minhas roupas, e não me sentir mau em lugar algum pelo fato de ser gordinha.


Me deseje boa sorte. Porque força eu já pedi pra Deus.




OUTUBRO 2006 - 50KG
ABRIL 2008 - 78KG

2 comentários:

em breve serei mais feliz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
em breve serei mais feliz disse...

Oi,querida!
Você é muito bonita!
Muito bom o blog!

As comunidades são muito úteis mesmo! Como me ajudaram e ajudam ainda.

Boa sorte para nós! bjss

 
;